Não deixe que o frio, espante a salada do seu prato!




Os dias frios chegaram e com ele aquela vontade louca de consumir alimentos e bebidas mais saborosas e calóricas, como os chocolates, fondues, massas, chocolate quente, bebidas alcoólicas e outras guloseimas calóricas.
Sabe-se que o organismo, para proteger-se do frio, acelera o metabolismo, necessitando de mais energia para que o corpo se mantenha aquecido. Isso acontece devido ao mecanismo de contração dos poros (o famoso arrepio) que funciona como isolante térmico, isto é, impede a perda de calor do corpo para o ambiente.
Só que no meio dessa história, as saladas, parte fundamental de um cardápio saudável, acabam sendo deixadas de lado por muitas pessoas. A salada é importante porque complementa as refeições de uma forma saudável. As folhas e vegetais são muito importantes na alimentação e na dieta, porque são alimentos ricos em fibras e elas contribuem para o bom funcionamento do intestino, ajudando no controle do colesterol e da glicose.
Ou seja, suas refeições não podem ficar sem as folhas e as leguminosas que, além de saudáveis, trarão uma maior sensação de saciedade, evitando que você exagere nos pratos principais. E, sim, é possível deixar sua salada mais apetitosa no frio, entretanto, isso exige cuidados para que ela não se torne uma bomba calórica.
Mesmo com uma lista tão imensa de benefícios, o consumo de saladas ainda é visto por muitas pessoas como uma obrigação pouco prazerosa e, por isso, às vezes deixada em segundo plano, principalmente em dias frios.
Para deixar sua salada mais "confortável", vale apostar em boas substituições. Os grãos cozidos, como soja, grão-de-bico e o feijão branco rendem saladas deliciosas e ricas em proteínas e fibras. Os vegetais cozidos são também uma ótima alternativa às folhas cruas. Uma dose de proteína animal também pode "animar" sua salada. Entretanto, os famosos ovinhos de codorna, não são a melhor opção para ingerir diariamente, tanto pela quantidade de calorias, quanto pelo colesterol. Na hora de incluir proteína nas saladas, prefira filé de frango grelhado ou kani.
Ao procurar por receitas de salada de inverno, muitas vezes encontramos saladas com os famosos pedacinhos de bacon, azeitonas, batata palha e queijos. Se sua intenção é deixar a salada mais apetitosa, mas não cheia de calorias, existem substituições boas para esses itens. O bacon pode ser trocado por tirinhas de filé de frango. A azeitona, que geralmente tem muito sódio, pode ser trocada pelo azeite. A batata palha, escolha de quem quer deixar o prato mais crocante, pode ser substituída pelos croutons, em pequena quantidade e de preferência integrais. Em relação aos queijos, é bom evitar os amarelos, que contêm mais gordura. Em relação aos molhos vale o cuidado. Molhos à base de maionese são ricos em calorias. Se a intenção é montar uma salada magra, prefira azeite e ervas in natura para temperar.
A dica é consumir verduras e legumes junto com as preparações quentes. No caso de ocasionalmente não conseguir consumir verduras frias em dias de inverno, é importante priorizar o consumo de verduras e legumes cozidos no vapor ou refogados.
Outra dica é incluir verduras cruas picadas na sopa quentinha, por exemplo: agrião e rúcula picadinha podem ser colocados no fundo do prato, acrescentando a sopa por cima,   ou para não perder o costume de ingerir folhas, acrescente molhos à sua salada, com um pouco de criatividade não tem o porquê de deixar de consumir, segue abaixo, dicas de molho para salada e dica de salada para o inverno, Bom Apetite!!

MOLHOS:
Molho de Ervas e Cottage:
- 2 xícaras de chá de queijo cottage
- 2 colheres de sopa de suco de limão
- 2 colheres de sopa de manjericão fresco picado
- Sal a gosto
Amasse o cottage com um garfo e misture os outros ingredientes. Pode ficar por 2 dias na geladeira! Se você não quiser fazer tanto molho, é só cortar a receita pela metade.

Molho Oriental:
- 3 colheres de sopa de shoyu
- 5 colheres de sopa de azeite de oliva
- Suco de 1/2 limão
- 1 colher de chá de gengibre fresco ralado
- Sal a gosto
Misture todos os ingredientes e regue a salada.
**Só os hipertensos  que devem tomar cuidado com esse molho, pois o shoyu é riquíssimo em sódio e pode contribuir para elevar a pressão arterial.
Molho de gengibre, mel e canela
Ingredientes:
Mel: 03 colheres de sopa
Gengibre ralado: 100g
Azeite: 300ml
Canela em pó: 01 colher de chá
Modo de preparo:
Bater todos os ingredientes no liquidificador e regar sobre a salada.
SALADAS:
Salada de Quinoa
Ingredientes:
- 200 g de quinoa crua (cozinhar em água, sal e azeite por 15 minutos)
- Duas cenouras raladas
- Um pepino sem casca cortado em cubos
- Uma cebola cortada em cubos
- Uma pimenta vermelha picada
- Um punhado de salsinha
- Azeite de oliva extra virgem a gosto
- Sal e limão (opcional)
Modo de preparo
 Misturar tudo depois da quinoa cozida e servir com condimentos como alecrim, páprica, pimenta e outros condimentos de baixas calorias de sua preferência.

Salada Morna de Tomate-Cereja, Cebola-Roxa e Manjericão
ingredientes
10 tomates-cereja
1 de cebola-roxa
1 colher (chá) de Azeite
1 colher (chá) de vinagre balsâmico
4 folhas de manjericão
Sal e pimenta-do-reino a gosto
Preparo
Lave e seque os tomates e as folhas de manjericão. Corte os tomates ao meio e, se forem grandes, rasgue as folhas do manjericão com as mãos. Corte a cebola-roxa em quatro partes. Corte-a em fatias finas. Leve uma frigideira antiaderente ao fogo médio. Assim que esquentar, regue com 1 fio de azeite, junte os tomates por cerca de 1 minuto. Na sequência, acrescente a cebola e, com uma colher ou espátula, desfaça as fatias, formando fios. Misture sempre, até que a cebola esteja dourada. Desligue o fogo, regue com o vinagre balsâmico e tempere com sal e pimenta. Junte as folhas de manjericão e misture novamente. Transfira a salada para um prato e regue com um fio de azeite. Ou as sugestões de molhos dadas acima.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Parkinson- Dia Mundial

Troque o Refrigerante por um Suco Natural

Romã e seus (muitos) benefícios