Você conhece o Waxy Maize??




O novo suplemento que está atraindo os atletas e esportistas é o waxy maize. Um suplemento de carboidrato (energia), extraído de uma fração de milho.

Ele é capaz de repor os estoques de glicogênio do corpo muito mais rápido que uma combinação de maltodextrina ou dextrose, além de fornecer energia instantânea e bombear nutrientes para o fluxo sanguíneo. É a mais nova opção para quem busca uma melhor performance em exercícios de alta intensidade.

Diferente de outros tipos de suplementos, o amido deste produto é diferente sendo composto por 70% de amilopectina e 30% de amilose. A amilose possui baixo peso molecular quando comparada a amilopectina, que tem alto peso molecular. Esta diferença possibilita a quebra em diversos pontos ao mesmo tempo, facilitando a digestão do amido e o fornecimento energético mais rápido que a maltodextrina ou dextrose, isso sem provocar pico de insulina (ou seja, fornece energia constante, já que possui baixo Índice Glicêmico).

Mas a pergunta é: qual o motivo de tanto burburinho?  São várias as respostas: excelente digestão, capacidade altíssima de atrair outros nutrientes de difícil assimilação e com isso aumentar a absorção (por exemplo: creatina, beta-alanina, arginina, glutamina...).

Com essas características de alto peso molecular e baixa osmolaridade, propicia rápida absorção para corrente sanguínea, levando consigo os nutrientes e termina utilizado no abastecimento dos músculos que foram requeridos e agredidos durante o treinamento. Nem a dextrose, nem a maltodextrina tem essas características, pois ambas são de alto índice glicêmico e provocam picos de insulina.

Não há nenhum tipo de suplemento que não seja recomendado utilizar ao mesmo tempo em que é ingerido o waxy maize. Deve-se apenar atentar-se ao consumo de outros carboidratos, pois o consumo excessivo pode ocasionar aumento de peso, e nem sempre este aumento será de músculos.  Procure um nutricionista para uma combinação dieta-suplemento.

Os diabéticos devem consultar seu médico antes de consumir o waxy maize, pois apesar de seu baixo índice glicêmico, a resposta da insulina deste carboidrato é rápida devido a absorção.

No pré-treino ele pode até ser combinado a outros polímeros e alguns estimulantes. Uma facilidade é utilizar produtos que já vem adicionado deste composto.

Porém a indicação mais comum é seu consumo após o exercício físico (cerca de 40g), junto com outros suplementos que você já esteja utilizando, como o whey protein, por exemplo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Parkinson- Dia Mundial

Troque o Refrigerante por um Suco Natural

Romã e seus (muitos) benefícios