Romã, tradição de ano novo e Benefícios Nutricionais



         Romã, uma fruta não pode faltar na mesa do Ano Novo. Segundo a tradição, quem comê-la e colocar 7 sementes na carteira terá prosperidade e não faltará dinheiro durante o ano. 

      Considerada uma fruta afrodisíaca, a romã provém da região que se estende desde o Irão aos Himalaias. Atualmente é cultivada em grande escala em toda a bacia do Mediterrâneo.
       Apresenta uma casca dura. Internamente está dividida em inúmeros compartimentos pequenos, que, por sua vez, possuem várias sementes comestíveis, sendo o que se aproveita deste fruto. Tanto na casca como nas sementes da romã podemos encontrar compostos químicos de alto valor biológico.
        Dona de um potencial antioxidante que supera o vinho e o chá-verde, ela previne o câncer de próstata, ameniza os sintomas da artrite, e conta com vários outros benefícios. A fruta oferece uma série de nutrientes como o cálcio, o ferro, o potássio, o magnésio, o sódio, o fósforo, a vitamina C e o ácido elágico (Esse ácido é responsável pela brilhante coloração avermelhada da romã, e ainda tem ligação com as moléculas de cobre e de ferro. Com isso, ele inibe a formação dos chamados radicais livres e, além disso, impede que eles ataquem as células. O ácido elágico também tem o poder de reduzir sintomas da artrite, de acordo com uma recente pesquisa da Universidade Case Western Reserve, situada nos Estados Unidos (EUA)).
       Seu maior e principal benefício, contudo, é ser uma poderosa arma antioxidante e neutralizar os radicais livres. Dessa forma, a romã previne doenças relacionadas ao estresse oxidativo, como câncer, doenças neurodegenerativas, diabetes, entre outras.
       Estudos comprovam que a ingestão frequente da romã reduz em até 30% os riscos de ocorrência de enfarte.  A fruta também tem sido utilizada com um antibiótico natural para tratar amidalites, faringites e outras afecções da cavidade orofaríngea. As infusões obtidas a partir da casca eram empregadas para tratamento de diarréias; as das raízes e troncos como vermífugos (eliminação de vermes intestinais, como a tênia), e as das sementes no tratamento de afecções oculares como a conjuntivite. A romã possui propriedades sobre a pele: devido a seus componentes fenólicos, combate o envelhecimento. Recentes estudos indicam que o sumo da romã é um antioxidante maior que o vinho tinto.
        Os compostos fenólicos da romã têm influência sobre vários fatores biológicos, tal como a atenuação de fatores aterogénicos, modulação das respostas anti-inflamatórias e de enzimas do sistema de defesa antioxidante endógeno. Estes aspetos conferem propriedades potencialmente terapêuticas à romã, onde se inclui a prevenção de diversos tipos de cancro, doenças cardiovasculares, Alzheimer, doenças inflamatórias, doenças bucais e de pele, obesidade e diarreia.
PREVENÇÃO DE DOENÇAS CARDIOVASCULARES:
        Vários estudos feitos até à data têm tido como objetivo avaliar o impacto que o consumo de romã tem sobre a prevenção e atenuação da aterosclerose e na oxidação de colesterol LDL. Verificou-se que o consumo de romã incrementa a atividade antioxidante do soro sanguíneo, reduzindo os lípidos do plasma e a peroxidação lipídica, reduz as áreas com lesões de aterosclerose e reduz a pressão sanguínea sistólica.

COMO COMPRAR E CONSERVAR
        No ato de compra é importante assegurar que a casca da romã não apresenta manchas negras nem indícios de bolor, pois esses são sinais de a fruta estar muito madura ou estragada. No que se refere à textura, a casca da romã deverá estar dura, apresentando bastante resistência ao toque. Para conservar durante algumas semanas, as romãs devem-se guardar num local fresco. Caso seja necessário preservar durante mais tempo, podem-se extrair as suas sementes e conservar no congelador. Se desejar preservar sob a forma de sumo, deverá guardar-se igualmente.
Creme de Iogurte com Romã
Ingredientes
3 copos (170 g cada um ) de iogurte desnatado
1/2 xícara de leite em pó semidesnatado ou desnatado
6 colheres (sopa) de açúcar ou adoçante culinário
Casca ralada de 1 limão
2 romãs debulhadas
8 colheres (chá) de xarope de romã
Modo de Preparo
Em uma tigela pequena, misture bem com uma espátula o iogurte, o leite em pó, o açúcar e a casca de limão até obter um creme homogêneo.
Entre quatro taças, distribua as sementes de romã, reservando um pouco para decorar. Regue cada taça com 2 colheres (chá) do xarope.
Disponha por cima o creme de iogurte e cubra com o restante do xarope.
Sirva decorado com a romã reservada.

FELIZ 2014 PARA TODOS OS NOSSOS AMIGOS, COLABORADORES COM MUITA SAÚDE E PAZ, AMOR E SUCESSO!!!
NUTRICIONISTAS: CAROLINA NUNES E REGIANE FEITOSA.

Comentários

  1. Hi, I read your blog regularly. Your story-telling style is witty, keep up the good work!


    my web-site ... make money online home

    ResponderExcluir
  2. What i don't understood is in reality how you are no longer really
    a lot more well-appreciated than you may be right now. You're very intelligent.
    You already know thus considerably on the subject of
    this topic, made me in my view believe it from so many
    varied angles. Its like women and men don't seem to
    be fascinated except it's one thing to do with Girl gaga!
    Your individual stuffs outstanding. Always deal with it up!


    My weblog - work at home online

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Thank you for everything and we do study a lot for sharing the information with all the people who access the blog.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Parkinson- Dia Mundial

Troque o Refrigerante por um Suco Natural

Romã e seus (muitos) benefícios