Óleo de Canola, evite o consumo



O óleo de Canola sempre foi ligado e promovido como o óleo mais saudável para consumir, que tem baixo teor de gorduras saturadas e rico em gorduras monoinsaturadas, aprovado pela Sociedade Brasileira de cardiologia e inclusive conhecido por conter boas quantidades de Omega-3, porém 
Canola não é uma planta, é uma sigla que vem de Canadian Oil Low Acid, é um nome comercial. É uma invenção canadense que vem de uma planta geneticamente modificada chamada colza. A colza é essa plantinha amarela aí embaixo e ela é resultado do cruzamento de várias subespécies de plantas da mesma família (pertence à família da mostarda). Dessa forma, o óleo de canola é produzido através da hibridação da colza.

A alegação sobre a canola ser segura para consumo é que através da modificação genética ela deixa de ser colza, e passar a ser canola. Mas é apenas a colza geneticamente modificada. O óleo de canola passou a ser comercializado como um óleo maravilhoso, com baixos níveis de gorduras saturadas e com um ótimo aporte de ômega 3. É verdade ; no entanto, grande parte desse ômega 3 é transformado em gordura trans durante o processo de desodorização. Devido ao elevado teor de ômega 3, o óleo de canola poderia ficar mais rançoso e mais mau cheiro facilmente quando exposto a alta temperatura e oxigênio mais – para que isso não aconteça é feita essa desodorização. Do que podemos concluir que, então, ao desodorizar, retira-se muito ômega 3.

A colza  possui ainda substancia perigosa chamada ácido erúcico ,  Nos Estados Unidos existem estudos voltados aos efeitos provocados pela ingestão desses baixos níveis de acido erúcico presentes no óleo de canola. O acumulo desse acido no organismo é suspeito de causar imunodepressão, câncer nos pulmões, lesões fibróticas no sistema cardiovascular, cegueira e doenças degenerativas. por isso a mudança genética( ou seja Transgênico) para baixar esses níveis de ácido que veio a sigla CAN.O.L.A. = CANadian Oil Low Acid.

Vale a pena pagar mais caro no mercado por tudo isso?

Conclui se que deve se evitar o máximo a utilização desse produto. Fique atento

Comentários

  1. Que óleo devemos usar? Milho? Soja? Coco? Girassol?

    ResponderExcluir
  2. Os óleos de girassol e de soja ricos em ômega-6 (ácido linoleico). Essencial para um crescimento e desenvolvimento saudável do organismo, o ácido linoléico desempenha também um papel importante na redução de risco de doenças cardiovasculares e do colesterol, função vascular e sistema imunitário. Os de milho também têm vitamina A que contribui para o reforço do sistema imune e é benéfico para a visão, o azeite de oliva além de rico em gordura monoinsaturada e cheio de antioxidantes. o de coco que traz vários benefícios, inclusive na diminuição do colesterol e pode ser utilizado quente também, porém deve ser inserido gradativamente pare evitar desconfortos gástricos "dor de barriga"

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Parkinson- Dia Mundial

Troque o Refrigerante por um Suco Natural

Romã e seus (muitos) benefícios