Benefícios da Hemp seeds







As 'hemp seeds', na tradução, 'sementes de maconha', têm sido apontadas como o alimento funcional do momento. Entre as suas muitas contribuições para a dieta, uma delas é saciar a fome.    Se você pensou naquela fome que sentem os fumantes de maconha - e não entendeu o efeito das sementes , a confusão entre os dois surge do fato de que ambos provêm da espécie Cannabis sativa, mas semente de cânhamo (como também é chamada a "hemp seed") não contém THC (tetrahydrocannabinol). A intensa vontade de comer que toma conta do usuário de maconha após consumir a planta é causada por este, que é o principal composto da cannabis. Além das sementes não possuírem o THC, elas apresentam alto teor de fibras, que induzem a saciedade precoce e também equilibram a função intestinal, estimulam a detox orgânica.

A Hemp Seed vem ganhando destaque entre os alimentos funcionais devido à enorme gama de nutrientes, compostos bioativos e gorduras do bem que apresenta em sua composição. Dentre elas, estão o ômega 6 e o ômega 3, na  razão classificada como excelente para a manutenção do equilíbrio orgânico, e que pode compensar o principal desequilíbrio da dieta contemporânea: a alta ingestão de ômega 6 associada à ingestão insuficiente de ômega 3.
Benefícios como a redução do LDL colesterol, conhecido como mau colesterol, e melhora da sensibilidade à insulina se devem ao ômega 6, enquanto a redução de triglicerídeos sanguíneos e da pressão arterial se devem em maior proporção ao ômega 3. Além da Hemp Seed apresentar a razão ideal entre ômega 6 e ômega 3, contém elevada concentração de GLA – ácido gama linolênico é essencial à síntese de prostaglandinas saudáveis, que têm ação anti-inflamatória, ajudam a regular o humor e a sensação de bem estar, aliviando os sintomas do stress.

Estas sementes são compostas por 30% de proteína, macronutriente essencial para formação e manutenção de massa muscular, saúde do cabelo, da pele e das unhas. 40% de sua composição se deve às fibras alimentares, o que a torna uma grande aliada no processo de emagrecimento, induzindo à saciedade precoce e ao equilíbrio da função intestinal, favorecendo a eliminação de toxinas retidas.
Seu alto conteúdo de fitosteróis auxilia a prevenção de doenças coronarianas, alguns tipos de câncer e doenças crônico degenerativas como o Alzheimer e Parkinson.
Dentre os minerais destacam-se: fósforo, potássio, magnésio, cálcio e enxofre, importantes à saúde óssea, hidratação celular e cutânea, contração e relaxamento muscular, manutenção do pH sanguíneo e combate à inflamação.

Por aqui, a aquisição das hemp seeds é difícil, mas boas casas de especiarias e mercados municipais já estão iniciando a comercialização.

Seu sabor é suave, próximo ao das sementes de girassol, avelã e nozes, e elas são versáteis, podendo ser consumidas cruas, germinadas, transformadas em leite ou incrementando receitas do dia-a-dia como saladas , risotos. smoothies, salpicar por cima de salada de frutas.



Fonte: http://www.patriciadavidson.com.br/?s=hemp+seeds

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Parkinson- Dia Mundial

Troque o Refrigerante por um Suco Natural

Romã e seus (muitos) benefícios