É TEMPO DE PINHÃO!






Inverno chegou, festas juninas e chegou a época do Pinhão. O pinhão, semente da araucária, árvore mais comum no Sul do Brasil, é uma fonte muito rica de minerais e um ótimo aliado de dietas emagrecedoras, um dos melhores benefícios do pinhão é a liberação do ácido linoleico. Esse ácido age como supressor da fome e libera um hormônio chamado colecistoquinina, que ajuda a diminuir a vontade de comer. Por essas características, o consumo é recomendado como lanche, entre refeições, e principalmente no fim da tarde, para ajudar a controlar a fome que é mais comum no período da noite.

Mas os benefícios do pinhão são muitos. Nele é encontrado ferro e cobre. O ferro é um mineral que previne anemias e gera energia ao organismo e o cobre ajuda na absorção do ferro. Um “casamento” muito saudável.
Para aqueles que sentem fadiga, tensão muscular e falta de energia, o consumo do pinhão pode ajudar. Rico também em magnésio, cálcio e fósforo, a semente melhora esses sintomas. E ainda ajuda a prevenir doenças cardiovasculares, por possuir boa quantidade de gorduras monoinsaturadas, que são as gorduras boas para diminuir o colesterol.

Também com uma boa quantidade de luteína, um antioxidante importante para manter a saúde dos olhos e evitar a degeneração ocular e diminuir os riscos de catarata.

O pinhão ainda tem propriedades antioxidantes, que ajudam a inibir o envelhecimento.
As fibras nele contidas são aliadas do funcionamento saudável do intestino. Essa característica nutricional contribui para o controle do colesterol, auxiliando na eliminação dos sais biliares (substâncias produzidas por meio do colesterol e utilizadas na digestão das gorduras).

O potássio, nutriente importante do alimento, é conhecido como um vasodilatador. Uma vez que ele contribui para o aumento do diâmetro das artérias, o sangue passa a circular com mais facilidade no organismo, reduzindo, dessa forma, a pressão arterial. Consequentemente, ambos os nutrientes ajudam a evitar doenças cardiovasculares.

Como todo alimento, é necessário consumir de forma equilibrada. O pinhão é uma semente bastante calórica e rica em carboidratos. Isso significa que ele garante energia para as atividades do dia a dia, mas é necessário ficar atento às porções. A recomendação é ingerir 100 g por dia (10 unidades), o equivalente a 174 kcal. O pinhão pode fazer parte da alimentação de qualquer pessoa, sem restrição de idade, desde que seja seguida a recomendação diária de consumo.  Cozido  pode ser conservado na salmoura ; além disso, conservar no vinagre também é uma escolha adequada. Outra opção é cozinhar bem  por sua casca ser dura, esse primeiro passo é fundamental , descascar e reservar apenas a polpa no freezer. Dessa maneira, ele mantém o sabor e o valor nutritivo no momento do consumo. 

Habitualmente consumimos o pinhão cozido em água na panela de pressão, mas ele também pode fazer parte de outras receitas típicas, como o entrevero, um cozido de carnes, verduras e pinhão, e a paçoca salgada, em que a semente é moída e misturada a carne-seca. Sopas, bolos, tortas, risoto, farofa de pinhão também são tradicionais. Na forma de farinha, que pode servir como ingrediente para pães, massas alimentícias, biscoitos e bolos. Para esse tipo de consumo, é necessário triturar o nutriente em um liquidificador ou processador. A farinha de pinhão pode substituir a farinha de trigo, indicado para celíacos, pois não contém glúten.

Uma preparação bem tradicional é a farofa de pinhão. Segue uma receita para que você possa aproveitar o friozinho saboreando esta deliciosa iguaria.

FAROFA DE PINHÃO

Ingredientes:
5 xícaras de pinhões cozidos e descascados
½ xícara de farinha de mandioca
2 colheres (sopa) de manteiga
1 cebola picada
1 pitada de pimenta-do-reino
Sal a gosto

Modo de preparo:
Passe os pinhões pelo processador ou moa, aos poucos, no liquidificador até formar uma farofa grossa. Passe o pinhão para uma tigela e junte com a farinha, misturando bem. Em uma panela, derreta a manteiga, doure a cebola e depois coloque a farofa para fritar e adicione o sal e a pimenta. Retire, passe para uma travessa e sirva como acompanhamento.

Para os dias mais frios uma sopa
SOPA CREME DE PINHÃO

Ingredientes:
1 xícara de pinhão cru,
1 litro de água,
 Algumas gotas de limão, cebola e alho a gosto.

Modo de preparar:

Passe os pinhões, a cebola e o alho no liquidificador, misturando um pouco de água. Coloque os ingredientes já triturados, o caldo de carne e o limão em uma panela com o restante da água, mexendo sempre. Se o caldo ficar muito grosso, acrescente mais água.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Parkinson- Dia Mundial

Troque o Refrigerante por um Suco Natural

Romã e seus (muitos) benefícios